Futuro

Cartas

A identidade só será divulgada com a autorização da pessoa.

“Caro amigo Pastor..

Uma pessoa nasce e qndo criança tem seus pensamentos limitados sobre seu futuro..Mas qndo essa pessoa chega ao ponto de decisão sobre sua vida profissional a uma certa duvida a profissão seguir.

Sei q sou mais um jovem com duvidas sobre ” que Carreira seguir”..
Tenho ficado meio inqueto com essa duvida.. Tenho insegurança de escolher algo e no meio do caminho abrir os olhos e ver q não gosto daquilo..

Busquei direção a Deus, mas de la naum ouve respostas.

Tenho sentido me sentido desanimados pois não estou trabalhando naquilo q gosto, mas por outro lado preciso de $$ para pagar uma faculdade..

O q posso fazer?
Abraços.”

 

Resposta:

Querido Wender,

Deus tem muito interesse que você seja bem sucedido em tudo o que fizer. Deus nos dotou de capacidades, percepções e instintos que nos levam a fazer escolhas – algumas certas, outras erradas – mas cabe a nós escolher.

Para determinadas situações da vida, como por exemplo, escolher sua profissão, não precisa nem orar – tem gente que vai dar um pulo da cadeira ao ler isso!!

Mas é a verdade! Este tipo de escolha, não depende de uma revelação divina – e é aqui que muita gente se engana!

É uma decisão que cabe exclusivamente ao homem, discernindo suas aptidões e aquilo que faz seu coração pulsar de desejo em realizar.

Uma das grandes falhas nas igrejas é justamente essa: PREPARAR O JOVEM PARA A VIDA. Muitos pastores preferem pessoas “indoutas” nas igrejas – pois fica mais fácil para manipular. É uma pena!!!

Jesus crescia, Daniel discernia, Paulo estudava.. eles estavam preparados – cada um com suas particularidade para realizar suas tarefas com maestria. E conosco, isso não foge à regra.

Você não está sozinho nesta questão. Posso afirmar que mais de 90% dos jovens chegam numa fase da vida fazendo a mesma pergunta que você!

Algumas dicas poderão lhe ajudar:

– Não dá pra ser Médico, se você não suporta ver sangue.
– Não dá pra ser Engenheiro, se você detesta matemática.
– Não dá pra ser Professor, se você detesta falar em público.
– Não dá pra ser Administrador, se você não gosta de organização.
– Não dá pra ser Consultor/Auditor, se você detesta procedimentos e normas.
– Não dá pra ser Advogado, se você é ruim de retórica e argumentação.

Deu pra entender?

A sua profissão está ligada àquilo que te dá prazer; que te chama a atenção; que enche os teus olhos quando você vê alguém realizando; que tira seu sono, mas te dá satisfação.

Esses são bos indícios de sua possível-futura-profissão.

Observar o mercado de trabalho (salário/demanda) é também uma boa opção, afinal, trabalhar apenas por satisfação não enche a barriga de ninguém – nem sustenta sua família.

Há situações na vida profissional que você precisa começar numa posição – ou profissão – que não gostaria.

Comigo foi assim. Entrei na empresa almejando deteminada área de tecnologia, mas comecei por outra – pois sabia que seria possível alcançar a que eu queria.

Foi questão de tempo. O mesmo pode acontecer com você!

Como sempre digo: BOM!!?? BOM já era! Não há mais espaço no mercado para “gente boa”. Tem que ser excelente. Buscar a excelência. Ser determinado. Ter foco!

Então queridão, creio que o caminho seja por aí!

No mais, receba meu carinho e orações para que Deus te use poderosamente!

Deus conta com você nesta obra!
Abraços,

Pr. Emerson Fregona



Participe conosco

Ter . 19H30

Participe da Escola Bíblica conosco

Dom . 18H30

Culto. Venha e convide um amigo

Qui . 18H30

Bate papo - Mulheres / Homens