Pensamentos impuros

Cartas

A identidade só será divulgada com a autorização da pessoa.

“Pr. Emerson,

Prefiro não me identificar para conversar abertamente.

Li praticamente todas as cartas e resenhas do site. e sigo muitas coisas que você fala.

Finalmente entendi a proposta do Evangelho de Jesus Cristo, e digo sinceramente que é duro.
Entendo que não conseguirei servir a 2 senhores: Ou vivo em busca das coisas desta vida ou vivo em busca das coisas do alto, do Reino de Deus e a sua Justiça.

Hoje, apesar de entender isso não consigo me decidir… Talvez seja uma fé pequena, sei lá… tem muitas coisas que são um grande conflito dentro do meu coração.

Sou adulto e não tive relações sexuais com nenhuma mulher ainda, e tem horas que dentro de mim “o bicho pega”. Vejo meu corpo gritar algumas vezes desesperadamente por sexo, e isso é algo que desejo MUITO dentro de mim… me sinto até um idiota andando na rua, porque nos dias de desespero, todas as mulheres são agradáveis aos olhos.

Aí depois de um tempo razoável começo a sonhar e ter poluções noturnas, quando pinta uma cena na internet por mais simples que seja, como uma mulher com uma roupa curta, ou mesmo numa revista, ou mesmo andando pelo shopping quando olho para uma vitrine e vejo um pôster, é como se estivesse vendo o mais pervertido filme pornográfico.

Aí o que acontece? Preciso descarregar, e como não tenho coragem de sair transando por aí, acabo aliviando sozinho… que tristeza… me sinto um adolescente… um coitado.

E isso é o fator que mais pesa na minha mudança de vida, agora que entendi o que Deus quer de mim… olha, sendo sincero, quando penso na tristeza que é ficar lutando contra os pulsões sexuais e tudo que acontece enquanto fico esperando o momento, fico desanimado em parar de me aliviar, mesmo pensando no sentimento posterior…

Receio que se eu continuar tendo essas atitudes, não vai demorar pra eu “meter o pé na jaca” e viver como alguém que não serve a Cristo. Espero que tenha entendido minha situação.

Queria contar a minha vida, pra vc saber mesmo o que eu faço, como é meu dia-a-dia, minha função na igreja… mas não julguei realmente necessário, só vai ajudar outros a me identificar.

Na esperança da liberdade que Jesus me prometeu, me despeço.”

Resposta:

Filho..vida, saúde, paz e quietude para a sua alma.

Antes de qualquer coisa, oro a Deus para que esta carta possa também ajudar a outros jovens com esta mesma dificuldade.

Aqui no site escrevi outras matérias sobre masturbação/sexo e correlatos. Seria bom você dar uma garimpada para tentar achá-las. Tenho certeza que lhe ajudará com algumas questões ainda não resolvidas dentro de você.

Obs: Não deixe que esta sua nova visão do Evangelho te torne um escravo de sí mesmo. Vá devagar. Leia os Evangelhos e veja como Jesus tratou as coisas. Ele é a chave Hermenêutica para tudo dentro da Bíblia.

Posto isso, não posso deixar de comentar sobre o que me ecreveu:

Você é mais um jovem daqueles que estão quase-semi-neuróticos com a passagem da puberdade para a juventude SEM TEREM EXPERIMENTADO O SEXO.

Pressa…precipitação… leva a gente a fazer tudo errado: amar errado, transar errado, se entregar de forma equivocada, comprar errado, gastar sem necessidade, tomar prejuízo, além de dopar nossa mente contra o bom senso de analisar, perceber e decidir de forma sóbria e sensata.

Vejo que você é evangélico. E a “igreja” olha o ato de se mastubar, dizendo para você: “SEJA RÉU DO INFERNO. AQUELE QUE ESTIVER COM UM CABELO NA MÃO SEJA ANÁTEMA!

O grande perigo é esse olhar simplista, que por muitas vezes, não nos permite ver o que realmente pode está por detrás (problemas hormonais/psíquicos).

Vontade de se relacionar, se envolver, tocar, pegar, sentir, cheirar são inatas do ser humano e afloram com maior intensidade nessa fase da vida. Mas a grande pergunta é: O que você está fazendo com isso? Essa é a chave!

Mas…qual é o “lance” da masturbação?
Simples:

* Ela é totalmente viciante – Quanto mais se masturba, mas vontade você tem!
* Não te satisfaz psicologicamente – todo o dia você terá que dar ‘remedinho” pro seu desejo para enganar sua mente;
* Te torna um cara infantil e infantilizado em relação a vida, as pessoas e aos sentimentos verdadeiros, prazerosos e REAIS.
* Te torna fantasioso em quase tudo no tocante a sentimentos. Te faz fetichista – Já que não há limites para as fantasias.
* Não te deixa crescer. Mantem o indivíduo naquela fase “teen” com a cara cheia de espinhas, e esperma saindo pelas cuecas.
* A Bíblia não fala sobre masturbação. Ponto! Mas fala sobre lascívia, volúpia, dissolução, perversidade, etc..etc.. Não dá pra se masturbar pensando num trator arando a terra…ou num cacto cheio de espinhos. Esse é o grande “problema” da masturbação.
Essa fantasia que precisa “viajar”, sair da realidade…e sempre cheia de “orgias mentais” que culminam, na maioria dos casos, em PECADO MESMO!

Filho,
Não é pecado sentir atração por outro sexo. Pecado é onde isso termina.
Foi Deus quem lhe deu esse desejo. Esse “UAU” quando vê alguém do sexo oposto. É assim desde quando o homem é homem!
Com Adão foi assim: “Essa é carne da minha carne e ossos dos meus ossos“..e partiu pro abraço!

Uma coisa eu sei: Deus tem mais o que fazer do que ficar contando quantas vezes você se masturbou essa semana. Masturbação fantasiosa faz mal a você…dissolve você. Te faz escravo de um infantilismo fantasioso.

Deus continua sendo Deus, entende?
Se eu te dissesse outra coisa, eu sim, estaria pecando.

Porém, há tempo para tudo debaixo do sol. Há bons desejos e maus desejos, sabendo que de todos eles, você dará contas a Deus.

Uma coisa é certa: Quanto mais ênfase você der a isso, mais difícil será vencer.
Quanto mais importância você der ao sexo, mais complicado será para você colocá-lo no lugar que ele deveria estar na sua vida.

Meter o pé na jaca” como você disse…. É questão de consciência no Evangelho. Isso não tem nada a ver com masturbação.

Em Cristo, você está ou não está!

Esse papo de “meter o pé na jaca“.. é de quem ainda não entendeu nada sobre a Fé e a Graça de Deus. Não brinque com isso.

A Fé é para você continuar sabendo que Deus é Deus e andar firme, tanto na consciência quanto nas atitudes.

A Graça é para que você não se torne cínico, achando que Deus é um menino que adora brincar de perdoar e punir.

Então, busque se envolver em coisas sadias e que ocupem sua mente com bons pensamentos.
Você vai ver…quando você parar de dar TANTA importância a isso, ela deixará de ocupar o trono do seu pensamento.

Forte abraço,

Pr. Emerson Fregona.



Participe conosco

Ter . 19H30

Participe da Escola Bíblica conosco

Dom . 18H30

Culto. Venha e convide um amigo

Qui . 18H30

Bate papo - Mulheres / Homens