Perdendo desejo

Cartas

A identidade só será divulgada com a autorização da pessoa.

Graça e paz Pastor

Estou escrevendo pois preciso de um aconselhamento a respeito de meu casamento.

Sou casada há quatro anos e estou numa fase do meu casamento que nao consigo entender.
Não consigo sentir prazer nas relações com meu marido. E como ultimamente não tenho me esforçado para fingir orgasmo, ele tem percebido.

Não sei o que fazer, pois a questão não é “NÃO O AMO MAIS”.

Quero ficar com ele e não tem passado por minha cabeça a idéia de procurar outra pessoa para satisfazer minhas necessidades.

Temos dois filhos lindos e com a graça do Senhor nosso casamento tem tudo para dar certo?
O que devo fazer?

Resposta:

Olá querida,
Paz, Graça e Desejo sobre seu coração!

Esse campo do relacionamento conjugal, e principalmente, o sentimento entre um casal é muito complexo. Não há receitas nem fórmulas mágicas. Nessa química, ninguém consegue desmembrar seus elementos químicos com perfeição.

Ninguém se torna doutor no Amor, nem Ph.D em relacionamentos.

Já ouví um cara dizer em púlpito: “Sou casado há mais de 25 anos, e nunca briguei com minha esposa.” Eu pensei: “UAU! Que santo!!” Eu queria saber em qual mundo esse cara vive e de que material eles são feitos. Geralmente, esse tipo de relacionamento só existe com base em fachada espiritual para olhares externos. Ou seja: CAPA MINISTERIAL.

O sentimento entre marido e mulher não é o mesmo entre mãe e filhos. Amar filhos, família, amigos é algo da construção do instinto humano, e não possui as inúmeras “nuances/facetas” do amor conjugal. É por isso que a bíblia diz que é um mistério esse caminho entre um homem e sua mulher.

Desse modo, entre o casal deve haver solidariedade, amizade, confiança, transparência, respeito, afeição, verdade, e DESEJO.

Desejo, é essa vontade de POSSUIR.. de pertencer ao outro e se pertencer a ele. Não como forma de acorrentamento, mas como uma livre expressão do desejo por quem se ama. Amor sem desejo pode ser algo trágico.

Entre um casal tem que haver Tesão, principalmente, nessa fase de lua de mel que vocês ainda estão. 4 anos de casados? Não percam a oportunidade de desfrutarem um ao outro.

Sexo entre o casal é igual carnê da TeleSena: TEM QUE ESTAR RIGOROSAMENTE EM DIA! rrsssrs.

Achar o marido legal, gentil e carinhoso, é o suficiente para ser AMIGO – mas para a conjugalidade, é insatisfatório.

Como você me disse que o AMA – e se há amor, há possbilidade de mudança – então, minha abordagem será para as coisas simples da vida. Então, sendo breve, creio que o caminho seria:

– Vocês estão precisando conversar francamente. Uma conversa sem cartório de apontamento de “brigas e erros do passado”. Comunicação aberta, sem ruídos ou terceiros.
O que aconteceu, que de gostoso, virou desgosto? Superficialmente: tem alguma mudança “física” que tá tirando o tesão? Bafo? CC? Falta de higiene? É cômico o que estou dizendo, mas já atendi diversos casais com esse problema.

– Como vocês se tratam? Quais são as palavras que um diz para o outro. Isso reflete diretamente com o resultado no final do dia..rsrsrsrs. Vocês passam momentos sozinhos (sem a presença dos filhos)? Nestes quatro anos, quantas vezes vocês viajaram juntos?

– Não finja nada! Fingir é uma desfunção no carater. Seja sincera, e use esta sinceridade em amor (pois sem amor, nada valeria).

Tenho certeza que se ele também a ama, será uma ótima oportunidade para um upgrade nesse relacionamento.

– Procure-o com toda o desejo e “fogo”. Caso contrário, ele também pode ir apagando-se aos poucos. E como sempre acontece, é nessas horas aparece uma oportunista oferecendo a ele aquilo que você hoje finge. E se “der bobeira” ele pode vir a ser tentado…e navegar nas águas da tentação. Daí a recomendação de Paulo no sentido de que haja muito sexo entre os casais (I Coríntios 7).

– Não sou expert no assunto, e creio que também não sou o marido perfeito que minha esposa sempre sonhou..rsrrs (senão eu seria um boneco comprado numa vitrine de loja). Tenho minhas brechas a fechar todos os dias. Mas o Evangelho da Graça de Jesus é isso: Um ajudando a carregar a cruz do outro, se enxergando, se auto analisando e se percebendo na caminhada da vida.

Amada, você encontrará outras coisas que escrevi sobre o tema aqui no site. Por hora, é isso que tenho a dizer.

De alguém que não tem vergonha de seus erros do passado, e os usa para o benefício de outros no presente…

Abração e estarei orando por vocês!

Pr. Emerson Fregona.



Participe conosco

Ter . 19H30

Participe da Escola Bíblica conosco

Dom . 18H30

Culto. Venha e convide um amigo

Qui . 18H30

Bate papo - Mulheres / Homens