Solidão

Cartas

A identidade só será divulgada com a autorização da pessoa.

Há um tempo passei por uma separação difícil, a qual foi resultado de um casamento muito sofrido. Meu marido me traía, me enganava. As vezes eu passava fome porque ele gastava o dinheiro na rua com outras mulheres.Fui muito humilhada.

Mesmo assim aguentei onze anos, até que um dia ele pegou suas coisas e foi embora e me deixou com três filhas.

O sofrimento da separação já consegui superar, mas o que me dói muito agora é a solidão. Queria pedir para que orassem por mim, para que eu encontre uma pessoa abençoada por Deus, que me faça sentir especial e que seja meu companheiro e amigo e que não me engane com pessoas que não são de Deus. Quero muito ser feliz como nunca fui antes. Ter uma familia completa novamente. Desde já agradeço.

 

Resposta:

Querida Rosangela,

Que o amor dAquele que é o AMOR esteja sobre sua vida abundantemente.

Separação é sempre algo devastador. Seja emocionalmente, fisicamente, socialmente, financeiramente, etc.
Somente gente cínica pode pensar numa separação sem dores – principalmente envolvendo filhos.

Não irei focar neste email sua separação. Quero focar seu estado de solidão!

Todo ser humano deseja ser feliz. Inegavelmente, este é o desejo mais profundo que arde dentro de cada um de nós.

Porém, alguns pontos de sua carta me preocuparam, e gostaria de expô-los em breves palavras aqui.

1 – Você está carente e “só”. Isso é um “condiciona-dor” para sua mente procurar um “quebra-galho” enquanto o “fixo” não aparece. O grande problema disso, é que se há algum “homem de bem” estiver te observando, as portas já estarão fechadas para ele, afinal – “ela já está ocupada”. Procure não alugar seu coração para temporadas! Principalmente, com aventureiros e aproveitadores que desejam te usar como bijuteria barata.

É nessa fase – solidão – que a gente comete os maiores erros na vida!

Aproveite este tempo “sozinha” para reavaliar seus valores, reabastecer seu “celeiro”, alinhar suas convicções e fortalecer sua fé.

2 – Hoje, todos os homens contam com o desespero das mulheres, principalmente, com essa imensa oferta que existe.
Os caras saem por ai tranquilos, sabendo que se não “pegarem “fulana”, pegarão “beltrana”… e assim vai.

Desse modo, tanto as mulheres vão se dissolvendo e ficando cada vez mais carentes, como também os homens vão ficando cada vez mais idiotados.

Além disso, sair de anos de sofrimento – conforme seu relato – gera, nesta saída, uma certa euforia-depressiva.
De um lado aparece a certeza de poder andar livre, conforme sua própria consciência.

Entretanto, na mesma medida, surgem algumas vontades novas, e desejo de recuperar o tempo perdido, o que, muitas vezes, gera depressão, posto que a pessoa se sente como quem desperdiçou boa parte da vida. Não mergulhe na euforia e nem na depressão!
Tenha maturidade nesse estágio.

3 – Rosângela, na vida não há pacotes de felicidade. Não é como comprarmos um dos produtos da “polishop” na TV. Se você será feliz com algum homem, só tentando para saber. Tudo nesta vida é feito de passos de fé; pois até aquilo que a gente gosta, pode mudar, e se virar contra nós no decorrer da nossa existência.

4 – Você está “pronta” para se relacionar novamente?
Se sua resposta for sim, permita que Deus gerencie sua vida, lembrando que a decisão de gostar de alguém, tem que proceder exclusivamente do seu coração. Esse amor “eros” (de uma mulher por um homem) vem do próprio ser humano.
Esse “Uau!!” tem que partir daí de dentro, e quando isso acontecer, é um forte indício de que seu coração encontrou um lindo vale para repousar e fazer nova morada.

Mas jamais se esqueça: Nem sempre é verão!

Siga em frente nessa caminhada que chamamos de VIDA, e nela, há muitos desencontros.

Lembre-se: O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã!

Forte abraço,

Pr. Emerson Fregona.



Participe conosco

Ter . 19H30

Participe da Escola Bíblica conosco

Dom . 18H30

Culto. Venha e convide um amigo

Qui . 18H30

Bate papo - Mulheres / Homens