Viver de música?

Cartas

A identidade só será divulgada com a autorização da pessoa.

Pastor,
Graça e Paz. Tenho 27 anos, sou estudante de música na cidade de vitória/ES e evangélico. Irei me formar neste ano, graças a Deus.
Porém, vejo que no meio evangélico (igrejas) não há muitas oportunidades financeiras para eu crescer e sustentar minha família.
E aí, vou partir pro meio secular para me sustentar?
Obrigado.
Ps: Parabéns pelo site. Sou leitor assíduo.
Fernando.

Resposta

Querido Fernando,
Que os sons celestiais sejam músicas para os seus ouvidos..
Sua pergunta é bem interessante, e tentarei de forma prática, respondê-la.
Não sei se você sabe, mas fui músico (hoje estou enferrujado)..rsrs. Já toquei em algumas cidades do país no meio “secular” por puro hobby.
Então, posso falar como alguém que já esteve dos dois lados.
Antes de tudo, só queria te esclarecer: ARTISTAS SECULARES ESTÃO “VIRANDO EVANGÉLICOS PORQUE DÁ MAIS DINHEIRO”.
É sério! o povo consume TUDO! Basta falar o nome de “Jesus” – e não precisa ser necessariamente o de Nazaré – ou dizer que é GOSPEL, que tá tudo certo.
Ahhhh.. já ia me esquecendo: Fazer músicas de auto-ajuda e motivação…do tipo: “declare..profetize..pise..vença” é venda na certa!
Eita povo pra consumir LIXO. Mas eu sei.. é a carência da VERDADEIRA PALAVRA!

Mas vamos lá…

1 – Não empurre para mim a responsabilidade de te dizer o que fazer. Tenho certeza que você fez uma “análise de mercado” antes de entrar nessa, certo?

Sendo assim, tenha-me apenas como um amigo que pretende dizer-te a verdade, sem muitos rodeios e “xurumelas”.

2 – Você precisa saber que, o que você escolheu, não dá dinheiro e nem segurança. Não estou falando dessa onda de músicas sem definição como Djavú, Rebolation da Bahia, etc.

Creio que sua intenção é fazer MÚSICA DE BOA QUALIDADE, e não, colocar algumas dançarinas semi-nuas para dar ibope.  Estive na região da Bahia neste final de semana, e confesso: É VERGONHOSO VER O QUE ELES CHAMAM DE MÚSICA POR LÁ.

Não tô colocando todo mundo num mesmo saco – Sei que há centenas de bons músicos, mas sinceramente….

Lembre-se: Não tem mágica. Se alguém te disse que, se você estudasse música “para o Senhor”, você seria sustentando “pela obra”… Enganaram você!

Se você desejar ser músico, seja músico. Cada escolha na sua vida, corresponde a uma expectativa. Mas não creia que se você for um músico cristão, Deus assumiu o compromisso de pagar as suas contas. Você tem que decidir que, se vivendo de música, você vai sobreviver. É uma escolha que decidirá seu futuro.

Se você quer ser “João Batista”, só entrará nos palácios, com a cabeça na bandeja de Salomé. E se você optou por isso, não vai dar pra ser HERODES, entende?

Não quero te jogar um balde de água fria, mas prefiro ser sincero.

Pode ser que haja um “Bummmmm” e você “aconteça” no mercado musical. Mas pode ser que não. Então, decida: vai querer correr o risco?

Se possível, arrume um emprego estável, e use sua musicalidade nas “entrelinhas” do dia.

Não posso ser simplista, e nem inconsequente para te dizer: “Sonhe…lute..vá em frente..siga teus sonhos…os sonhos de Deus na tua vida jamais vão morrer…Quem tem promessas não morre“.. O povo já tá de saco cheio desses jargões – desculpe a expressão.

Então querido pense, avalie e decida.

Passando por aqui em Linhares, me procure.

Abraços,

Pr. Emerson Fregona.


Participe conosco

Ter . 19H30

Participe da Escola Bíblica conosco

Dom . 18H30

Culto. Venha e convide um amigo

Qui . 18H30

Bate papo - Mulheres / Homens